Lobo

Nome da espécie: 
Canis lupus, Lineu, 1758
Classificação: 
Estado de conservação: 
Uma espécie pouco preocupante (LC), é uma espécie categorizada pela União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais como avaliada mas não considerada em nenhuma categoria de ameaça de extinção.
Fatores que o colocam em risco de extinção: 
As principais causas de mortalidade de lobos são a caça, os acidentes envolvendo veículos e os ferimentos ocorridos durante o ataque a suas presas.
Peso (kg): 
39.00
Tamanho (m): 
0.95
Revestimento: 
Pêlos
Cor: 
Possuem pêlos cinzentos volumosos repartidos em duas camadas. A primeira é constituída por pêlos resistentes que repelem água e sujidade. A segunda forma uma pelagem densa, impermeável à água. O subpelo é espalhado pelo corpo na forma de grandes tufos.
Época de reprodução: 
O acasalamento ocorre, geralmente, entre os meses de janeiro e abril.
Número de crias: 
O tamanho médio da ninhada é de 5 a 6 crias.
Dieta alimentar: 
Carnívoro
Alimentos: 
Animais que caçam.
Curiosidades: 
O sequenciamento de DNA e estudos genéticos reafirmam que o lobo cinzento é ancestral do cão doméstico (Canis lupus familiaris), contudo alguns aspectos desta afirmação têm sido questionados recentemente.