Gaivota

Nome da espécie: 
Larus fuscus
Classificação: 
Estado de conservação: 
Espécie não ameaçada. Na ilha da Berlenga, onde criam alguns casais de Gaivota-de-asa-escura, foram já encontrados casais mistos desta espécie com Gaivota-de-patas-amarelas.
Fatores que o colocam em risco de extinção: 
Não existem
Peso (kg): 
0.15
Tamanho (m): 
0.50
Envergadura (m): 
1.30
Revestimento: 
Penas
Cor: 
Plumagem nupcial apresenta a cabeça e as partes inferiores brancas e o manto e dorso cinzento-escuro. As asas são igualmente cinzento-escuro, à excepção das primárias, de cor preta e com pequenas manchas brancas na extremidade.
Época de reprodução: 
Fevereiro e março
Número de crias: 
3 ovos
Dieta alimentar: 
Omnívoro
Alimentos: 
A dieta é semelhante à da Gaivota-de-patas-amarelas. Inclui peixe, crustáceos, invertebrados aquáticos, crias e ovos de aves, material vegetal, roedores e desperdícios.
Curiosidades: 
É muito abundante em todo o litoral, especialmente em estuários, praias e portos de pesca, onde por vezes se juntam centenas ou milhares de indivíduos. Ocorre também, embora em menor quantidade, no interior do país.